terça-feira, 7 de maio de 2013

Provocações - Continuação

---Heterossexual---

Para quem não leu o conto "Provocações", fica aqui um pequeno resumo.
Como técnico de electrónica fui fazer uma reparação na casa de uma cliente onde fui provocado até não aguentar mais. Onde houve um envolvimento profundo e carregado de erotismo.
Aconselho a lerem antes deste.

...
Eu tinha pedido para te vires dentro de mim.

Eu sei e assim fico em divida para contigo. Na próxima vez podes pedir isso e muito mais... ou não vai haver próxima vez?
Não sei, gostavas que houvesse?
Estavas com esse olhar provocante a provocar-me, e a tua mão passeava por todo o teu corpo, e eu ia beijando o teu corpo, limpando os teus seios enquanto ia-mos falando.
Mas ainda aguentas mais vezes?
Não estou a dizer que seja hoje...
Hummmmm ok então ficas em divida para comigo, eu vou cobrar!
Não espero outra coisa vindo de ti. E até rezo para que cobres.
Ok, ainda tens tempo para um banho rápido  anda eu faço-te uma massagem. E dito isto levantaste-te e foste em direcção á porta.
Fiquei a olhar-te, tens mesmo um corpo lindo e bem feito. Fui atrás de ti, entras-te na casa de banho e inclinaste-te para a banheira para abrir a água, lógico que quando eu entrei, atrás de ti voltei a ficar boquiaberto com essa visão...
Sabes que eu gosto de ser provocado, e tu provocas bem. Disse-te.
Tu só te riste e olhaste para trás a piscar-me o olho... e disseste:
Tu disseste que eu podia cobrar. E sei que não resistes...
Eu agarrei-te por trás  encostando-me todo a ti, beijava as tuas costas, a tua nuca, e tu provocavas-me mais,  fazendo com que o teu rabo acariciasse o meu pénis que estava a ficar cada vez mais duro, cada vez mais doido por ti novamente.
Senti a tua mão a procurar-me, no meio das tuas pernas, a encaminhares-me para dentro de ti, coisa que aconteceu muito facilmente, pois tu estavas ainda completamente molhada, e eu completamente doido por estar dentro de ti novamente.
Paraste os movimentos e voltaste-te para traz e disseste-me com voz de mandona:
Agora quero que faças tudo o que te mando. Quero que te venhas dentro de mim! e é bom que não me desobedeças!
Senão acontece o que? Começando com os movimentos e rindo-me a pensar que estavas a brincar.
Não queiras saber...
Entramos para a banheira e abraçamo-nos, encostei-te a parede e tu colocaste as pernas a volta da minha cintura, escorreguei para dentro de ti e tu deixavas-me deslizar, gemia-mos os dois com muitos beijos misturados, senti que estavas a vir-te e fiz por te acompanhar, começando assim a gemer contigo e voltamos a ter um orgasmo, agora em conjunto, tu não paravas de gemer, de te contorcer, parecias que estavas eléctrica.
Gemias muito alto, quase que gritavas, e eu continuava com os movimentos, quase a faltarem-me as forças nas pernas devido ao orgasmo intenso que estava a ter.
Quando acalmaste, saíste de cima de mim e disseste-me que me tinha portado bem, mas querias mais... Sentaste-te na beira da banheira e disseste-me para que te fosse lamber e beijar, coisa que acedi, pois adoro essa mistura de sabores.
Com a minha língua ainda voltaste a ter mais um orgasmo, que eu aproveitei e chupei todo para que ficasses limpinha.
Depois disso tomamos um duche onde ainda senti as tuas mãos em todo o meu corpo.
Não houve um único milímetro de pele que não tivesses sentido com as tuas mãos e dedos... hummmm.
Ouvias-me a delirar e a gemer com tanto desejo por ti.
 mas paraste, acabamos o banho e mandaste-me embora, quase como se não se tivesse passado nada entre nós.
Fiquei a pensar se se teria passado alguma coisa.
só quando cheguei a porta me piscaste o olho e me disseste que ias recorrer a mim mais vezes, pois havia muita coisa em casa que volta e meia queimava o fusível  e deste-me um beijo molhado e demorado, fechando-me a porta logo de seguida.

Será preciso dizer que aguardo que me ligues??

Pensei para mim quando me dirigia ao carro.


Espero que gostem de mais um conto.
O primeiro depois do "Regresso." um pouco mais curto que os outros.

Um beijo e um bem haja a todos.

Até já.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Regresso.

---Pensamentos---

Boa tarde.

Como têm percebido.. ou não, tenho andado muito ausente do meu blog, mas com muita coisa nova para vos contar, novos pensamentos, novos contos, novos sonhos.

Não vou começar por nenhum conto hoje, nem fantasia, nem sequer pensamento.
Hoje vou analisar as muitas (poucas) resposta da sondagem que fiz. Provavelmente fiz a pergunta errada, e não deveria ter perguntado que tipo de contos preferem, provavelmente deveria ter perguntado, o que mais gostam de ler...
Mas eu fiz essa pergunta com o intuito de escrever para cada um(a) de vocês  não deixar-vos uma mensagem, mas que se identifiquem com o que escrevo, mas aí ia deixar de me identificar a mim com o que escrevia.

claro que sei escrever contos infantis, ou poemas românticos  até versos ou prosas.. E gosto de as escrever, que fiquem bem claro, mas não sempre.
Há dias que estou mais triste, nesses dias gosto de escrever poemas, ora românticos, ora filosóficos...
Há dias que estou mais "doido", nesses dias gosto de imaginar e escrever os meus sonhos e fantasias.
E assim sucessivamente, cada expressão, ou estado de espírito gosto de escrever uma determinada coisa.

Ora então tive 10 resposta não necessariamente de 10 leitores. Mas dessas 10 resposta percebi que os contos que mais gostam de ler são os temas seguintes:
Heterossexuais
Bissexuais
Fantasias
Deixando para trás os contos Grupos, Traição, Homossexuais e Lesbicas.

Pois bem vou ter em consideração isso, e vou dar prioridades a todos os que ganharam mais votos, mas não vai ser por isso que vou deixar de escrever sobre os outros se for essa a minha vontade.

Desde já peço desculpa a todos os leitores que possam não querer ler algum desses temas e para que não tenham alguma surpresa, vou deixar junto do titulo qual o tipo de conto.
Este por exemplo vai ficar com o titulo de "Regresso" e na primeira frase abaixo do mesmo estará a explicação de que se trata de: "---Pensamentos---".

Fico a aguardar os vossos comentários e a esperar que possam e leiam muito, pois a leitura alimenta a alma....... e a imaginação, hehehe.

No entanto caso alguém queira comentar alguma coisa mais privado, podem -me pedir o meu email, que eu dou com o maior prazer, pois este blog não tem apenas o intuito de "deitar cá pra fora" tudo o que me passa pela cabeça, mas também ajudar todos os leitores a exprimirem-se e a não terem medo do sentimentos, ou fantasias que possam ter.

E com uma frase bem conhecida me despeço de todos.
" De génios e de loucos todos temos um pouco!"

Até já.